Escandiuzzi

Procuram-se boas notícias. Mas enquanto elas não surgem….

Posts Tagged ‘Santa Catarina

Poltergeist…

leave a comment »

 

Faz uma semana que a Celesc trocou um transformador da minha rua depois de uma explosão. Desde então, coisas sobrenaturais vem ocorrendo:  minha casa e do vizinho ficam dando piques de luz. Tem dia que falta energia em apenas metade da casa.

Mas essa madrugada foi um espetáculo, eis que hoje, as 7 horas da manhã, no melhor sono,  tal como ocorrem nos filmes do estilo Poltergeist, a televisão liga sozinha, desliga e em seguida pega fogo… Fumaça por todo o quarto.

Mais uma série de piques de energia e corro eu para desligar tudo da tomada…

Uma TV a menos, graças a Celesc… Está lá jogada no quintal porque o cheio de queimado está insuportável.. Era velhinha, mas funcionava…

Seria a maldição do poste que foi esquecido no meio da rua??? Ou seria incompetência mesmo???

Ow, Celesc trata de mandar uma nova para cá.

Anúncios

Written by Fabrício Escandiuzzi

setembro 2, 2012 at 12:30 am

Samba do Crioulo Doido….

leave a comment »

 

 

Início de campanha eleitoral em Florianópolis.

Bandeirolas ajeitadas. Fanfarras afinadas. Alegria, sorrisos e muitos tapinhas nas costas. Apitaço, buzinaço e carros de som… enfim, o Carnaval Eleitoral começou de vez…

Começou e começou com tudo. Largada neste sábado (28) de duas campanhas de peso: a do PC do B e PT da Angela Albino e do Nildão e a do PMDB e outras tantas letras do Gean Loureiro e do Rodolfo Pinto da Luz.

Na minha análise politico-carnavalesca das duas passeatas de hoje, houve equilíbrio…Vantagem para um ou outro lado em determinados quesitos de julgamento.

Em termos de correligionários, a do PMDB contava com muito mais participantes. Tinha gente do lado de fora do clube.

No quesito Enredo, entretanto, as duas “agremiações” empataram. Futuro de Florianópolis para lá, Florianópolis do futuro para cá. Mobilidade, inovação, saúde, educação e planejamento urbano.

Maior prefeito da história aqui, maior presidente da história lá. Enfim: enredo normal, sem maiores ousadias e com algumas semelhanças.

Comissão de frente peemedebista…

 

Já no quesito Comissão de Frente, o PMDB deu um banho. Três ex-governadores reforçam a apresentação da agremiação (Casildo Maldaner, Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso Vieira), o que mostrou a imponência logo no início do desfile.

O atual prefeito Dário Berger e seu irmão Djalma saíram como destaques na comissão. Já pelo lado do PC do B e do PT, os destaques eram José Fritsch e João Ghizoni. Vitória tranquila dos peemedebistas.

Gueixa em caminhada do PMDB

 

Quesito Alegorias e Adereços: vantagem apertada para o PMDB de Gean. Tinha gente vestida de gueixa, tinha milongueiros de tango, muitas e muitas bandeiras… O Homem do Chifre foi presença carimbada desde cedo, o que garantiu com a facilidade a vitória do peemedebista neste quesito.

Bateria: Duas grandes bandas com bons trabalhos tanto durante eventos dos comunistas quando do PMDB. Pelos lados da Albino, a banda caprichou no melô do Manezinho da Ilha, de autoria do Calibrina. Seria um empate, se a bateria do Loureiro não fosse “esquecida” pela caminho (o que também implica em perda de pontos também no quesito seguinte, como verão). Com isso, o candidato e seu vice e as outras lideranças da coligação foram acompanhados por uma caixa de som horrorosa pelo centro da cidade.

 

Quesito Evolução e Harmonia: Os dois partidos de esquerda,  PT e PC do B, mesmo com número menor de componentes, surpreenderam e mostraram uma incomum organização. A caminhada passou pelo centro da cidade bastante coesa e com pouco espaço entre uma ala e outra. Harmonia foi o grande trunfo da Angela Albino.

Esse quesito foi um horror para o PMDB. Passeata de campanha eleitoral não é marcha atlética. Um grupo liderado pelo candidato Loureiro saiu do clube onde realizavam o evento em desabalada carreira. Jornalistas, fotógrafos, correlionários e malas em geral foram ficando pelo caminho, desesperados.

Imensos clarões se formaram entre uma ala e outra e por mais que os diretores de harmonia pedissem para “segurar o ritmo”, a comissão de frente continuou em ritmo de maratona. Passaram os primeiros componentes, cinco minutos depois um grupo de candidatos a vereador com apitos, depois outro, depois mais outro. A bateria, essa coitada, ficou no clube e não acompanhou os atléticos candidatos. Enfim, muitos que iriam participar da caminhada, ao ver o ritmo frenético do negócio, desistiram e ficaram nos bares das redondezas.

Em quesito evolução, PMDB perdeu de goleada.

Nos demais, vitória de um aqui, outro ali e muito equilíbrio.

Correligionários esperando Gean Loureiro sair do clube. O candidato, que saiu em marcha atlética, já devia estar no Mercado Público a essa hora…

 

Resumindo: tem muita pompa e luxo, reforços de peso, correligionários e letras de sobra dos partidos da coligação do PMDB. Mas o pessoal desandou na evolução. O PC do B e o PT não tem lá uma comissão de frente de peso, as alegorias foram mais pobrezinhas, mas não desafinaram e mostraram harmonia.

Começou o samba do crioulo doido.

 

 

 

 

 

       

         …..

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 29, 2012 at 4:38 am

Inverno em Floripa….

leave a comment »

 

Manhã de inverno em Florianópolis é sempre linda….

 

Praia do Campeche, 7 horas….

 

A temperatura neste domingo chegou aos 5 graus abaixo de zero em Urupema…. Frio de quebrar o queixo também na capital de Santa Catarina, com um vento gelado daqueles….

Na rua, só os “fortes” ou os “loucos”….

 

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 15, 2012 at 9:21 pm

Avaí diz que Renan interessa “não só a São Paulo”

with one comment

A boa atuação do goleiro Renan na primeira partida pelas quartas-de-final da Copa do Brasil despertou o interesse de vários clubes. Apesar das propostas, o diretor de futebol do clube catarinense, Mauro Galvão, disse que irá tentar manter o atleta para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Não foi só o São Paulo que demonstrou interesse. Ele chamou a atenção de várias equipes porque teve uma atuação fundamental em um jogo decisivo, que todo mundo estava assistindo”, afirmou, sem citar o nome dos outros intessados. “Outros clubes já se interessaram”.

De acordo com Galvão, apesar dos valores considerados “baixos” no salário e rescisão contratual, a direção do Avaí está se empenhando em renovar o contrato do goleiro. O salário do atleta é um dos mais baixos do grupo e o valor da multa rescisória é de aproximadamente R$ 5 milhões.

O ex-zagueiro ainda afirmou que a boa atuação de Renan no Morumbi serviu para trazer mais confiança ao atleta. Em alguns jogos ele chegou a ser criticado por falhar, principalmente em saídas de gol.

Renan treinou junto com o grupo na tarde nesta segunda-feira visando o confronto de volta contra o São Paulo. Ele não conversou com a imprensa sobre as possíveis propostas para deixar o Avaí.

O comando do Avaí ainda espera poder contar com o capitão Marquinhos Santos e o atacante Rafael Coelho para a partida contra o São Paulo na

A assessoria jurídica entrou com o pedido de efeito suspensivo dos dois jogadores junto ao STJD.

Santos e Coelho foram punidos com cinco jogos após a pancadaria com os jogadores do Botafogo ao final do jogo que valeu a inédita classificação do Avaí às quartas-de-final da Copa do Brasil.

Written by Fabrício Escandiuzzi

maio 10, 2011 at 7:32 am

Ben Harper, os haoles, os nativos e os babacas

with 7 comments

Queira Deus que eu não esteja enganado… Queria Ele que eu queime a minha língua e que tudo ocorra às mil e uma maravilhas.

Mas sou obrigado a confessar que algo me assusta nesta história do show do Ben Harper.

Não sou contra o show, adoro as músicas dele… Mas tem muita coisa nebulosa aí.

Primeiro: o local do evento.

Depois: as várias indecisões sobre o show:

1. Era de graça, depois virou dois quilos de alimentos;

2. Seriam 20 mil pessoas, depois viraram 10 mil e por fim 8 mil;

3. Os ingressos seriam trocados mediante o preenchimento de um formulário no site. Depois disso, a pessoa imprimiria o cupom e trocaria pelo tão sonhado bilhete. Agora os interessados tem que mandar um réles e vagabundo email e torcer que para que sejam um dos 4 mil primeiros a fazê-lo.

4. Tem licença, não tem licença?

5. Quem não conseguisse ingresso iria acompanhar o evento em telões na praia. Não. Não existem mais telões.

São inúmeras e inúmeras questões que me deixam com um pulgueiro atrás da orelha. Lógico, estarei ali, torcendo para que nada de muito ruim aconteça. E trabalhando obviamente, Que todos tenham seus ingressos e que tudo ocorra na maior paz, com músicas da melhor qualidade.

Ninguém é contra belos eventos na cidade. Mas só quem vive a realidade do Campeche sabe da completa falta de infra-estrutura do local para sediar um mega evento desse.

E a preocupação não é coisa dos “haoles”, como uns babacas  fazem questão de alardear inclusive na imprensa, transformando o debate de uma coisa séria sobre o futuro – e o presente – de Florianópolis em uma ridícula e ultrapassada demonstração de xenofobia.  Isso é de uma cretinice sem tamanho, sejam os autores desses comentários os “locais”, haoles ou seja lá o que for.

Só para provar o que digo segue um relato do Athaíde Silva. Morador do Campeche, nativo, surfista das antigas e coordenador do protesto contra o show do Ben Harper. Ele esteve na Câmara Municipal na noite desta segunda-feira, dia 1º de fevereiro, para pedir uma “moratória” nas construções do bairro até que o tal plano diretor deixe de ser uma história da carochinha argentina para virar realidade.

Acho que o show do Ben Harper deve ocorrer sim, por tudo o que já foi feito e promovido. Milhares de pessoas votaram e estão interessadas.

Mas podemos daí, tirar proveito para discutir sobre quais os locais adequados e os rumos de Floripa.

Atendendo ao pedido de um jornalista local, ponho na tela a declaração do Athaide. Acho que não precisa mostrar a identidade dele né, “rapeize”? Trata-se de um nativo puro sangue

Written by Fabrício Escandiuzzi

fevereiro 2, 2011 at 11:14 am

Mais uma vez alagamentos em Floripa

with one comment

Seguem imagens do sul da Ilha.. Mais precisamente, nos bairros do Rio Tavares e Campeche.

O loteamento Norbecker (não sei se é assim que escreve, depois me corrijam caso não o seja) é uma vergonha. Se dois moradores lavarem a calçada ao mesmo tempo, alaga tudo…

Faz anos que acompanho ali… Faz anos que pedem socorro para a prefeitura… Faz anos que continua alagando…

Com relação ao Rio Tavares então, nem vou fazer maiores comentários… O horário não permite…

 

Written by Fabrício Escandiuzzi

janeiro 24, 2011 at 5:33 am

Shopping debaixo de água

with 7 comments

 

Acho que as imagens falam por si….. O prejuízo dos “lojstas de verão” no bairro de Canasvieiras, após a chuvarada deste sábado (22) é de dar dó……

Muitos prometeram nunca mais colocar os pés em Florianópolis.

Nem vou comentar nada.. Olhem e me digam o que acham de tudo isso…

 

 

 

Lojistas calculam prejuízo superior a dois milhões de reias

 

Written by Fabrício Escandiuzzi

janeiro 23, 2011 at 1:33 pm