Escandiuzzi

Procuram-se boas notícias. Mas enquanto elas não surgem….

Posts Tagged ‘política

Mick Jagger

leave a comment »

Pois é…. O Lula, aqui em Santa Catarina, não deu muita sorte para seus candidatos… Se mostrou um tremendo Mick Jagger, ops, pé frio…

Reportagem que fiz para o Terra mostra que nas três cidades visitadas pelo presidente na campanha, a candidata do PT acabou derrotada…

Que sinuca de bico hein? Traz o homem, ou deixa o homem por lá?


Abaixo, na íntegra o material publicado no Terra

 

Dilma perdeu nas cidades visitadas por Lula em SC

A candidata do PT á presidência da República, Dilma Roussef, foi derrotada nas únicas três cidades do estado de Santa Catarina visitadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a campanha.

Criciúma, Itajaí e Joinville foram alvos de visita de Lula no último dia 13 de setembro. Ele participou da inauguração da duplicação de trechos da BR 101 no sul do estado, visitou o Porto de Itajaí e encerrou a passagem realizando um comício em Joinville, maior colégio eleitoral catarinense.

Em Criciúma, Dilma foi derrotada por uma diferença de dez mil votos: obteve 38 mil votos contra 48 mil do candidato tucano. Em Itajaí, no litoral norte, a diferença foi de oito mil votos. Já em Joinville, palco do polêmico discurso de Lula em que afirmou que o “DEM deveria ser extirpado” da política, a diferença chegou a 60.366 votos.

Serra obteve 145.858 votos, 46,5% do eleitorado, enquanto Dilma registrou 85.492. Foi a maior diferença entre os dois candidatos em Santa Catarina, justamente em uma cidade administrada pelo PT.

De acordo com o professor Sérgio Saturnino, cientista político e coordenador do Instituto de Pesquisas Sociais da Univali (Universidade do Vale do Itajaí), a presença de Lula, que registra aprovação recorde em quase todas as pesquisas não seria suficiente para reverter votos em alguns municípios. Segundo ele, o PT não estaria estritamente ligado à Lula e a migração de votos não seria algo tão “certo”.

O Lula é maior do que o PT. Ele conta com a aprovação popular ao ponto do próprio PSDB ter tentado se atrelar à sua imagem na campanha. Mas isso não significa que um governo de seu partido será igual”, afirma. “O que existe é o lulismo. Os votos transferidos são lulistas e não petistas”

Saturnino destaca que o PT terá que “repensar” seu posicionamento político após a saída de Lula da presidência. “O partido irá ter que debater seu caminho sem sua maior figura em cargo público”, disse.

 

Written by Fabrício Escandiuzzi

outubro 8, 2010 at 7:22 am

Se é Berger é…..

leave a comment »

Não consigo entender mais nada de campanha….

Ás vezes, acho que sou um burro, um completo idiota que não consegue visualizar as alianças, apoios e coligações. Por mais que eu tente, preciso anotar as coisas em um papel para não me perder e ver quem está com quem. Outras vezes me sinto um palhaço. Palhaço pois fazem questão de bagunçar a minha cabeça.

“Se é Bauer, é bom”… Foi isso que o prefeito de Florianópolis, Dário Berger, disse ao aparecer no programa do Paulo Bauer no horário eleitoral. Tudo bem que me pareceu um depoimento pego às pressas, no calor de uma caminhada e etc… Mas convenhamos, o cara tem aparecido toda semana com adesivos do Luiz Henrique (normal, é do PMDB) e do Cláudio Vignatti, do PT (também seria normal, afinal de contas, a suplente do petista é sua cunhada).

A foto abaixo foi feita pela própria assessoria do PMDB.

Colaram o adesivo do Vignatti sem o prefeito perceber? Liberaram três votos para o Senado? Ou estamos diante do Berger completamente “em cima do muro”???

Written by Fabrício Escandiuzzi

setembro 23, 2010 at 3:46 am

Sobre ressacas, muros, estaleiros e campanhas

with 7 comments

 

Nunca antes na história dessa cidade houve uma união tão grande de políticos em torno de um objetivo….

A atuação de parlamentares, candidatos, governo e etc em torno do tal estaleiro do Eike Batista realmente  é uma coisa impressionante.

Não vi união assim para resolver o problema de mais de mil pessoas que continuam nas moradias provisórias de Blumenau. Vivem em galpões, usam conteineres como banheiro. Quer saber como é? Clique aqui.

Na praia da Armação do Pântano do Sul, o tal muro está sendo erguido… Nesta segunda-feira, dia 19, a água chegava a passar por cima em vários pontos. E olha que não estamos enfrentando nenhuma ressaca.

Aqui, neste caso, assim como no dos desabrigados da enchente de 2008, não houve tanta “comoção política” como o tal do estaleiro do Eike. Vai gerar cinco mil empregos.. que maravilha… O turismo acho gera muito mais do isso, sem precisar mexer em áreas de preservação ou desalojar golfinhos na baía que chama, não por acaso, Baía dos Golfinhos.

O que lamento é que as coisas andam na contramão. Ao invés de se cumprir estritamente o que está na legislação ambiental, movimenta-se políticos e autoridades para “viabilizar” a construção do estaleiro.

Resumindo em outras palavras: reúnem-se todos para dar um “jeitinho” de viabilizar isso. A lei que trate de se adaptar aos interesses e à “geração de empregos para a comunidade”

E os ecochatos, ambientalistas e defensores da natureza que se f….

Mas, volto neste assunto depois das audiências públicas deste semana…. Essas fotos foram tiradas hoje na praia da Armação..

O muro está “lindo”, não deixa o mar chegar tão perto. Acabou a areia, acabou a praia. Guarda-sol e caiprinha à beira mar ali, só se for em cima do muro… Não dá mais para pegar onda, tamanhos são os tocos que foram lançados ao mar depois que as casas e encostas foram destruídas.

 

Tá maravilhoso né? Uma praia de cartão-postal….

 

Tem até ciclovia agora, dá para correr, fazer cooper… estender uma canga, ler um livro em cima de um muro de pedra de dez milhões de reais.. Não é para qualquer um..

Para o turismo é bom… Tanta gente sai daqui para ver o que sobrou do Muro de Berlim.. Temos agora a praia da Armação e sua imponente muralha…

 

E no Campeche? Olha aqui abaixo.. Casas penduradas, belo visual em meio aos destroços…

Tudo ruindo devido à força do mar….

 

Um molhe, com uma meia dúzia de pedras, é apontado por nove entre dez pessoas que ouvi (incluindo especialistas) como o causador ou grande contribuidor para o problema na praia da Armação.

A construção de casas sobre dunas de uma área de preservação também fez com que o problema ocorresse no Campeche.

Interferências do homem.

Interferências pequenas, mínimas, se compararmos com o impacto que um estaleiro pode causar na baía norte de Florianópolis.

Bilhões de reais em investimento. Milhares de empregos. Que coisa linda.

Os caras falam em jogar arsênio na água como se fosse a coisa mais normal do mundo…. Não era ali na baía norte que íriamos nadar, como nos prometeram em outras campanhas???

Não estamos podendo nadar nem mais no sul da ilha…

 

Tudo isso vale a pena???

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 20, 2010 at 5:38 am

Maradona promete não ficar pelado

leave a comment »

Candidato a a uma vaga de deputado estadual na Assembléia Legislativa de Santa Catarina, Maradona promete que não irá ficar pelado caso seja eleito no próximo mês de outubro.

Obviamente não se trata nem de longe do ex-craque e hoje técnico da seleção da Argentina, Dom Diego Armando Maradona, que prometeu ficar nu em Buenos Aires caso seus comandados fossem campeões na Copa do Mundo da África do Sul. O Maradona em questão é Ivair Relva, 45 anos, morador da cidade de Itapoá, localizada na região norte do estado.

O candidato a deputado estadual pelo PSB mantém semelhanças físicas com o polêmico craque argentino, o que lhe vale o apelido mantido há quase dez anos. Ele trata de garantir a tranquilidade do eleitorado e do povo do nosso estado ao afirmar que não irá desfilar pelado pelas ruas de Itapoá. “Vou tranquilizar a todos e garantir que se for eleito deputado não irei ficar pelado”, afirma Ivair.

O “Maradona catarinense” conta que começou a ser chamado de “Maradona” logo que chegou na cidade, vindo de São Paulo, em 2000. Tudo começou na praia, durante um campeonato de final de semana. “Participei de uma disputa de penâltis na areia e como meu cabelo é mais comprido e meu físico é parecido com o dele, começaram a me chamar assim. Nunca mais pararam”, conta.

Já é a terceira eleição que ele disputa. Em 2004 e 2008, Ivair Relva foi candidato a uma das nove vagas na Câmara Municipal de Itapóa. Na última tentativa, conquistou 106 votos. “Faltou muito pouco. Não fui eleito por 43 votos”, afirma.

Cursando o segundo ano de Direito, Ivair mantém uma série de atividades: corretor de imóveis, comerciante, músico e presidente do PSB em seu município. Ele destaca que, caso eleito, pretende atuar principalmente na defesa de pequenos e médios empreendedores e na luta contra a carga tributária no estado. “Os políticos precisam se unir para buscar a redução de Impostos federias, estaduais e municipais . Defendo e tenho um projeto para o imposto único”, afirma. “Quero trabalhar também na questão do saneamento e em cobranças mais justas das tarifas de água e energia elétrica”.

É Maradona, só de garantir que não vai fazer promessas absurda como seu amigo hermano já está valendo.

Para garantir que não é o argentino, ele tratou de colocar uma camiseta amarela no santinho….

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 10, 2010 at 5:37 am

Publicado em Brasil, Santa Catarina

Tagged with , ,

PSDB desmente tríplice aliança

leave a comment »

 

 

O PSDB de Santa Catarina ainda está sob forte “tensão”, segundo o presidente do diretório estadual Beto Martins.

Sem esconder a irritação, ele desmentiu a informação dada pela RBS de que o partido já teria fechado a tríplice aliança.

Informação dada pelo deputado Serafim Venzon que segundo Beto Martins não teria participado de toda a reunião. Quando fui checar, antes de publicar, o tucano  não só desmentiu o fato como condenou a “ansiedade” do parlamentar.

“Não batemos martelo nenhum”, disse. “Respeito o deputado mas ele não participou da reunião toda e nada ficou definido. Essa ansiedade em anunciar as coisas nos causa muitos problemas”.

Lideranças do partido ainda estão divididas entre três possibilidades: a aliança com os democratas e peemedebistas em torno da candidatura de Raimundo Colombo ao governo do estado, o lançamento de Leonel Pavan na disputa ou ainda a coligação com o PP de Ângela Amin.

 Logicamente, a adesão à tríplice parece ser o caminho que será oficialmente escolhido. “Não sem emoção”, disse Martins.  

Beto  explicou que a Direção Nacional do PSDB e o próprio José Serra vêm sendo consultados nas últimas horas. O tucano ainda revelou que as lideranças catarinenses estão “sob forte efeito emocional” e que a decisão final deve ser anunciada horas antes da convenção. “Temos que ouvir o comando nacional pois existe toda a questão da campanha de José serra”, disse. “Conversaremos e decidiremos o melhor para o partido”.

Quarta feira que deve ser agitada. Convenção do PT entra em campo apenas para cumprir tabela. A do PSDB deve ser mais barulhenta… Votação será encerrada às 20h45. Ou seja, resultado será conhecido (oficialmente) em cima do laço.

PP, PT, PMDB, PSDB, DEM, PDT, PC do B, PSBe todos os outros Ps com os candidatos definidos..

Começa a diversão, opssss… eleição.

Mas por favor, deixem as vuvuzelas em casa….

Written by Fabrício Escandiuzzi

junho 30, 2010 at 7:02 am

Green de Criciúma

leave a comment »

Maicon na seleção e Eduardo Pinho Moreira na política.

É. Personagens que nasceram ou fizeram carreira em Criciúma estão dando o que falar esta semana.

Do craque da seleção, falou-se do gol, do começo da vida no futebol e até mesmo de seu cordão umbilical. Tudo para o lado positivo, após ser o responsável pelo primeiro urro de gol do Brasil nesta horrorosa Copa da África.

Do ex-pré-candidato ao governo de Santa Catarina, pelo contrário, não se ouviram muitas coisas simpáticas. Desde tucanos, petistas, progressistas e claro, principalmente peemedebistas. Foi o vilão da semana. Frouxo, traíra, medroso, vendido, bundão foram alguns dos adjetivos empregados para qualificar o ato do Moreira.

Mas eu agradeço todos os dias ao Dr. Eduardo e sua decisão tão criticada.

Como jornalista, preciso de notícias.

E ficar naquele chove não molha, naquela chatice da tríplice-não-tríplice, já estava mais do que enchendo. Alguém tinha que dar… E quem deu foi o Moreira.

Motivos? Implicações? Revoltas?

Tudo isso faz parte…. mas se ficasse naquele lenga lenga, sem que ninguém fizesse merda, iria ser chato..

Igual ao futebol: depois daquele primeiro tempo medonho, parecido com o conversê da tríplice aliança, eis que surge um gol de Maicon, o “glorioso representante criciumense” como ufanou o Castiel. Todo mundo lembrará o belo gol….

Na política estava assim… Ninguém arriscava uma jogada individual, um drible, um passe de letra ou um grande lançamento. Pareciam os 3 mil volantes brucutus do Dunga sem nenhuma criatividade.

Eis que de repente, numa jogada individual, surge Eduardo Pinho Moreira, o não menos glorioso representante criciumense (embora tenha nascido em Laguna, foi prefeito de Criciúma). Botou fogo no jogo, ops, na campanha. Acirrou os ânimos, causou furor, trouxe emoção (e mais notícias) à disputa.

Mas eu acho que as semelhanças param por aí….

Maicon vai ser lembrado como o jogador que marcou um belo gol e iniciou a vitória do Brasil numa estréia de Copa do Mundo.

Talvez seja melhor comparar o Moreira com aquele goleiro da Inglaterra, o Green: deixou a Jabulani dominada escapar das mãos e deu um presente para o adversário.

Written by Fabrício Escandiuzzi

junho 17, 2010 at 11:28 am

Sopa de letrinhas

with 3 comments

Reunião do PP na segunda pela manhã. Diretório do PSDB na parte da tarde. Isso na segunda-feira.

Na terça-feira: panfletagem de petistas no Terminal Central. Reunião de prefeitos do PMDB em um hotel do centro de Florianópolis. Coletiva com picanha na casa do governador Leonel Pavan.

Isso sem contar o material sobre frio, tainhas e Armação.

Estou numa maratona “político-noticiosa”.

E como disse muito bem o Moacir Pereira em belo artigo hoje, já tá uma chateção esse negócio de tríplice aliança.

PMDB diz que vai com DEM e PSDB… Mas o PT diz que o PMDB vai com o PT e a Dilma. O PSDB diz então que vai com o PP. Mas o PP diz que vai com o PDT. O PDT, uma parte vai com o PP mesmo, a outra diz que vai só com PDT. O DEM vai sozinho ou com o PMDB e o PSDB, mas nunca com o PT…

E eu vou para a PQP, porque tá foda essa chateação.

Ninguém fala com a impresa com medo de melindrar os sonhados aliados. Um aliado marca uma conversa ali, o outra marca outra de lá. E nada acontece.

Fritsch panfletando disse em entrevista ao Terra que já haveria um acordo firmado com o PMDB catarinense para não agressão. Leia aqui.

Pavan fez um churrasco para a imprensa. Alguns figurões engravatados e outros, como eu, com a blusa de moletom surrada (mas bem quentinha) com que saí pela manhã para fotografar o “frio” e a espera das tainhas. Para variar, nenhuma nova revelação bombástica… Disse que se PMDB e PT selarem o tal pacto, no mesmo dia ele conversaria com o PP (essa foto é maldade pura, mas não dá para deixar de usá-la né?).

Compasso de espera.

Enquanto isso, a triplice aliança (ou chatice, como diz o Moacir), segue assando. Sinceramente acho que já passou do ponto.

Tá mais para uma grande sopa de letrinhas. Não sabemos o que vai sair dali…

Em tempo: O César Valente também publicou um excelente material sobre essa discussão casa-não casa, alia-não alia….Leia aqui

Written by Fabrício Escandiuzzi

junho 10, 2010 at 8:44 am