Escandiuzzi

Procuram-se boas notícias. Mas enquanto elas não surgem….

Posts Tagged ‘Ficha Limpa

Campanha bonitinha

with 5 comments

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Eleição não é só feita por gente feia…

Por isso, estamos lançando o grandioso concurso da “Musa e do Muso da Urna Eletrônica”…

Aqui vão algumas das candidatas….

Peço ajuda aos leitores para escolhermos os candidatos a muso e separar mais candidatas nos próximos horários eleitorais…

Peço calma as leitoras pois estamos selecionando as belezuras masculinas no meio de tantos candidatos.. é uma disputa muito acirrada… Mas mandem as suas sugestões… Nossa equipe de julgadores não tem lá o  olhar muito apurado para musos…

Venha conosco nesta campanha…

Chega de baranguice na política….

Queremos uma Florianópolis mais bonitinha….

 

 

…………

 

 

Anúncios

Written by Fabrício Escandiuzzi

agosto 23, 2012 at 9:49 pm

Samba do Crioulo Doido….

leave a comment »

 

 

Início de campanha eleitoral em Florianópolis.

Bandeirolas ajeitadas. Fanfarras afinadas. Alegria, sorrisos e muitos tapinhas nas costas. Apitaço, buzinaço e carros de som… enfim, o Carnaval Eleitoral começou de vez…

Começou e começou com tudo. Largada neste sábado (28) de duas campanhas de peso: a do PC do B e PT da Angela Albino e do Nildão e a do PMDB e outras tantas letras do Gean Loureiro e do Rodolfo Pinto da Luz.

Na minha análise politico-carnavalesca das duas passeatas de hoje, houve equilíbrio…Vantagem para um ou outro lado em determinados quesitos de julgamento.

Em termos de correligionários, a do PMDB contava com muito mais participantes. Tinha gente do lado de fora do clube.

No quesito Enredo, entretanto, as duas “agremiações” empataram. Futuro de Florianópolis para lá, Florianópolis do futuro para cá. Mobilidade, inovação, saúde, educação e planejamento urbano.

Maior prefeito da história aqui, maior presidente da história lá. Enfim: enredo normal, sem maiores ousadias e com algumas semelhanças.

Comissão de frente peemedebista…

 

Já no quesito Comissão de Frente, o PMDB deu um banho. Três ex-governadores reforçam a apresentação da agremiação (Casildo Maldaner, Eduardo Pinho Moreira e Paulo Afonso Vieira), o que mostrou a imponência logo no início do desfile.

O atual prefeito Dário Berger e seu irmão Djalma saíram como destaques na comissão. Já pelo lado do PC do B e do PT, os destaques eram José Fritsch e João Ghizoni. Vitória tranquila dos peemedebistas.

Gueixa em caminhada do PMDB

 

Quesito Alegorias e Adereços: vantagem apertada para o PMDB de Gean. Tinha gente vestida de gueixa, tinha milongueiros de tango, muitas e muitas bandeiras… O Homem do Chifre foi presença carimbada desde cedo, o que garantiu com a facilidade a vitória do peemedebista neste quesito.

Bateria: Duas grandes bandas com bons trabalhos tanto durante eventos dos comunistas quando do PMDB. Pelos lados da Albino, a banda caprichou no melô do Manezinho da Ilha, de autoria do Calibrina. Seria um empate, se a bateria do Loureiro não fosse “esquecida” pela caminho (o que também implica em perda de pontos também no quesito seguinte, como verão). Com isso, o candidato e seu vice e as outras lideranças da coligação foram acompanhados por uma caixa de som horrorosa pelo centro da cidade.

 

Quesito Evolução e Harmonia: Os dois partidos de esquerda,  PT e PC do B, mesmo com número menor de componentes, surpreenderam e mostraram uma incomum organização. A caminhada passou pelo centro da cidade bastante coesa e com pouco espaço entre uma ala e outra. Harmonia foi o grande trunfo da Angela Albino.

Esse quesito foi um horror para o PMDB. Passeata de campanha eleitoral não é marcha atlética. Um grupo liderado pelo candidato Loureiro saiu do clube onde realizavam o evento em desabalada carreira. Jornalistas, fotógrafos, correlionários e malas em geral foram ficando pelo caminho, desesperados.

Imensos clarões se formaram entre uma ala e outra e por mais que os diretores de harmonia pedissem para “segurar o ritmo”, a comissão de frente continuou em ritmo de maratona. Passaram os primeiros componentes, cinco minutos depois um grupo de candidatos a vereador com apitos, depois outro, depois mais outro. A bateria, essa coitada, ficou no clube e não acompanhou os atléticos candidatos. Enfim, muitos que iriam participar da caminhada, ao ver o ritmo frenético do negócio, desistiram e ficaram nos bares das redondezas.

Em quesito evolução, PMDB perdeu de goleada.

Nos demais, vitória de um aqui, outro ali e muito equilíbrio.

Correligionários esperando Gean Loureiro sair do clube. O candidato, que saiu em marcha atlética, já devia estar no Mercado Público a essa hora…

 

Resumindo: tem muita pompa e luxo, reforços de peso, correligionários e letras de sobra dos partidos da coligação do PMDB. Mas o pessoal desandou na evolução. O PC do B e o PT não tem lá uma comissão de frente de peso, as alegorias foram mais pobrezinhas, mas não desafinaram e mostraram harmonia.

Começou o samba do crioulo doido.

 

 

 

 

 

       

         …..

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 29, 2012 at 4:38 am

Carmem Lúcia quer agilizar aplicação da Ficha Limpa

leave a comment »

 

 

A ministra Carmem Lúcia Antunes Rocha, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse nesta sexta-feira (20) em Florianópolis, que a pretende formar uma “rede nacional” de juízes eleitorais de todo o país para agilizar a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições deste ano.

Carmem Lúcia destacou que a lei deve ser aplicada rigorosamente em todas as comarcas do país.  Ela também lembrou que devido a casos de corrupção existentes, a legislação passa a oferecer uma segurança ao eleitor. “A Lei da Ficha Limpa é para ser aplicada. Não é um aviso, uma sugestão ou um conselho: é uma norma de direito de observância obrigatória de todos”, afirmou. “É uma reivindicação da sociedade e a responsabilidade de sua aplicação é exclusivamente nossa, os juízes eleitorais. A legislação é uma forma de segurança para o eleitor diante dos candidatos que estão na disputa”.

Entretanto, a presidente do TSE revelou que a devido à falta de jurisprudência sobre o tema várias dúvidas poderão surgir. Por isso, a idéia é criar a rede para a troca de informações de cartórios de todo o país. “Não há uma jurisprudência consolidada em que por exemplo, o juiz do interior possa se basear para tomar suas tomar suas decisões”, disse. “Por isso estamos tomando providências e criando um grande banco de dados para que o magistrado possa ter acesso diante das dificuldades”.

A partir da próxima semana, de acordo com as informação de Carmem Lúcia, o site do TSE vai dispobilizar um espaço para troca de informações, realização de conferências e acesso a artigos doutrinários sobre a Lei de Ficha Limpa, exclusivamente para os juízes. Os profissionais também receberão dados sobre os demais magistrados brasileiros.

“Com essa grande rede de informações e essa listagem de juízes será possivel trocar conhecimentos”, disse. “O que é dúvida de um pode ser sanada por outro juiz que já resolveu essa questão. Sistema de troca de informações pode agilizar os julgamentos em todo o Brasil”.

A ministra participou de uma reunião com juízes catarinenses na sede da Ordem dos Advogados do Brasil, na região central de Florianópolis. Ela também destacou que as eleições municipais deste ano contam com mais de meio milhão de candidatos.

“Teremos muito trabalho e com certeza muitas impugnações”, afirmou. “No caso específico de Santa Catarina, é um dos estados que tem o menor numero de candidatos por cargo de disputa. Apesar disso, ou justamente por isso, pode ser que ocorra uma disputa mais apaixonada por esses lados”.

Written by Fabrício Escandiuzzi

julho 21, 2012 at 1:48 am