Escandiuzzi

Procuram-se boas notícias. Mas enquanto elas não surgem….

A destruição da ressaca na praia da Armação

with 12 comments

 

Corta o coração ver como ficou a praia da Armação, no sul de Florianópolis, após a ressaca dos últimos dias.

Segundo a Defesa Civil, 20 pessoas estão desalojadas. Pelo menos quinze casas foram atingidas esta semana e três delas estão interditadas. Bem diante da igreja do bairro, o chão ameaça desabar e levar junto o posto de salva vidas.

Uma pena.

E não vi por parte da prefeitura de Florianópolis uma única informação sobre visita das autoridades ao bairro. O prefeito já deveria ter estado lá para tomar “pé” da situação, tirado umas fotografias e o que é mais importante: dito algo sobre providências a serem tomadas.

Mas ninguém foi lá….

Até entendo porque não apareceram, o trânsito para o sul da Ilha é uma grande porcaria. Está ainda mais difícil depois que fecharam a avenida Paulo Fontes e colocaram aquelas vasos medonhos no meio da rua. Quem está no centro, como a maioria das autoridades, terá que dar uma volta imensa para chegar aos bairros da região sul.

Então é melhor nem sair dos gabinetes.

Enquanto isso, a água toma conta da areia, invade quintais e derruba encostas e muros.

Tudo beeeeem normal…

Colocaram uma placa fazendo referência à gestão da Ângela Amin bem diante de um buraco aberto pela erosão no principal e mais movimentado ponto do bairro.

Não sei até agora qual a provocação com isso: estão culpando a ex-prefeita ou demonstrando que sentem saudades???

Confira as últimas informações sobre a ressaca na home

Anúncios

Written by Fabrício Escandiuzzi

maio 15, 2010 às 2:58 am

12 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Nossa Fabrício, que horror isto, é uma pena mesmo. Veraneio na Armação desde 2005, neste verão as coisas já não estavam muito boas não é? Mas agora com essas ressacas mais seguidas então, acho que nossa linda praia vai acabar mesmo. Fico uito triste mesmo, temos amigos que tem casa aí, eles estão apavorados, pois veraneiam aí há bem mais tempo que eu, pelo menos há uns 40 anos, e conheceram uma Armação bem diferente.
    Mas não escaparemos da fúria da natureza, com certeza há muito descaso das autoridades, realmente não sei o que poderia ser feito, não é a minha área, mas isso não pode ficar assim, tem que haver uma saída, eu amo a Armação, que coisa.

    Um abraço, Adriana.

    Adriana

    maio 17, 2010 at 8:51 am

  2. Qualquer ilheu sabe que as ressacas na Praia da Armação do Pântano do Sul é um processo natural e periódico. Que há períodos que a maré faz ressurgir todas as pedras ao longo de boa parte da praia, e períodos posteriores que a faixa de areia se restabelece.
    Quanto aos orgãos públicos deveriam ter estado presentes na praia quando os moradores resolviam ampliar seus terrenos sobre o bem público que é a praia, construindo muros.
    Como nenhuma autoridade, até aqui, resolveu tomar providencias sobre esse avanço das propriedades privadas sobre a faixa de areia, a própria natureza se encarregou de dar uma solução ao problema.

    Ana Luísa

    maio 22, 2010 at 11:09 am

    • Ana Luisa,
      Com certeza você não é barriga verde!
      Quem nasceu em Florianópolis como eu,que conheço
      muito bem a praia da Armaçãó, sabe que nenhum, digo
      nenhum muro foi construido avançando sobre a faixa de areia. Os muros foram progressivamente a cada avanço do mar, sendo reconstruidos cada vez mais atrás. E digo mais, esse avanço do mar começou sim após a construção do molhe no final da praia, com fins comerciais (“pesca”).

      Janine

      maio 24, 2010 at 9:04 am

  3. Morei muitos anos na Armacao , ainda tenho casa la e vou voltar em breve. Sempre achei um absurdo aquelas casas na beira da praia , mas como a 30 anos atraz as pessoas nao se preocupavam com o meio ambiente …
    Quanto ao problema do sul da ilha tambem e antigo , os politicos so se preocupam com o norte da ilha onde moram os “riquinhos” como se os moradores do sul nao pagassem impostos tambem. Isso tudo da vergonha, problemas antigos como saneamento,transito, e agora a destruicao causada pela ressaca do mar mais uma coisa que vai ficar no esquecimento dos politicos.

    angelica

    maio 23, 2010 at 4:18 am

    • Com certeza.. estou levando um oceanógrafo nas duas praias no início da semana.. farei uma reportagem para que ele explique o que aquele molhe pode causar, como essa interferência interfere na praia e na natureza..
      Obrigado pela participação

      Fabrício Escandiuzzi

      maio 23, 2010 at 10:31 am

  4. Minha família possui propriedade na praia da Armação há 34 anos e confesso que nunca vi o mar fazer tantos estragos como tem feito nestes últimos 30 dias. Na minha opinião,depois que colocaram aquelas pedras entre o rio e a praia e fizeram aquela passagem para a Ilha das Campanhas, obstruindo a passagem natural da água do mar para o rio, o mar começou a avançar, acabando com a faixa de areia nas proximidades e agora avançando em direção ao Morro das Pedras.
    E o PODER PÚBLICO,quando vai tomar providências? Quando o mar acabar por invadir todas as casas e expulsar de vez as pessoas que aqui vivem ou vêm passar as suas férias?
    SOCORRO…SOCORRO…SOCORRO!!!!!!!!!!!!!

    Samira

    maio 23, 2010 at 12:23 pm

  5. A retirada do mole é essencial após o engordamento da praia.
    Isto é o principal elemento causador da mudança na direção da maré e da subseqüente erosão da praia. Em vez de entrar e sair do rio Sangradouro como o fazia antigamente, agora faz um movimento circular de ‘roubo’ de areia, cavando sem parar. A areia está lá fora a uns 100 metros, formando um banco na curva da praia, que pode ser visto em fotos de satélite.
    Sou contra construção nas dunas, mas isto não é o que causou o desaparecimento da orla de areia. A unica conseqüência direta disto é que as casas estão caindo.
    Pôr a culpa desta tragédia nalgumas poucas casas muito próximas do mar, é como cachorro latindo na árvore errada quando o gato está trepado noutra… apenas uma forma de não assumir a responsabilidade do que foi feito errado e corrigir isto logo.
    Engordamento e retirada do mole já!

    Alvaro

    maio 23, 2010 at 10:02 pm

  6. Caro Fabricio,
    A partir do enrocamento(molhe) da ilha com a praia, junto do rio, iniciou-se a gradativa diminuição da faixa de areia, , no início dos anos 80. Este enrocamento não foi precedido de qualquer estudo sobre o impacto ambiental, das marés e das correntes marírimas, ao arrepio da regra constitucional do art.225,IV da CF e da Lei nº 6938/81. O desastre agora é evidente…
    Sua leitora atenta Maria Julia Tavares

    maria julia tavares da cunha mello

    maio 24, 2010 at 6:11 am

    • Oi Maria
      Entrevistei um professor e devo editar esse Vt rapidamente. Ele fala exatamente isso, que a ação do homem causou todo esse aceleramento da destruição na praia.
      Uma pena, um lugar maravilhoso como esse.
      O que assusta é que temos revisões de novos ciclones e ressacas nas próximas semanas ne?

      Fabrício Escandiuzzi

      maio 24, 2010 at 6:14 am

  7. A praia da armacao e principalmente a do matadeiro vem
    sofrendo ha algum tem com a construcao dos molhes entre as mesmas. Sendo que a praia do matadeiro perdeu de 15 as 20m de faixa de areia pois o mar nao consegue repor atraves de seu ciclo natural. É assustador ver fotos do matadeiro a 30 anos atras e ver que esta tudo mto diferente. Como a prefeitura tem endurecido as licencas ambientais para construcao em areas de preservacao como a lagoa do peri, deveria endurecer qto as alteracoes nas orlas das praias, que realmente eh um absurdo.

    Dudu

    maio 24, 2010 at 7:12 pm

  8. Hoje em dia a praia da armação voltou ao normal??

    glauber

    novembro 23, 2010 at 4:48 am

    • A praia “melhorou”, mas nunca mais será a mesma

      Vou postar um material sobre o verão aqui prezado Glauber… Só passar essa loucura de enchente…

      abraços

      Fabrício Escandiuzzi

      janeiro 23, 2011 at 11:14 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: